Nacionalmente Bom

Autores Portugueses

Estrelas Em Contos

Opiniões de Contos

eBooks

Leitura Digital

Crónicas de Uma Desastrada

Sou uma Desgraça de Metro e Meio

Autores do Brasil

Divulgação e Opinião

terça-feira, setembro 13, 2016

Porto Editora - O regresso de Jojo Moyes com "Viver sem ti"

Viver sem ti

ISBN: 978-972-0-04885-1
Edição ou reimpressão:
Editor: Porto Editora 
Idioma: Português 
Páginas: 408


Sinopse
Como seguir em frente depois de se perder a pessoa amada?
Como construir uma vida que valha a pena ser vivida?


Louisa Clark já não é uma jovem banal a viver uma vida banal. O tempo que passou com Will Traynor transformou-a, sendo agora uma pessoa diferente que tem de enfrentar a vida sem ele. Quando um insólito acidente obriga Lou a regressar a casa dos pais, é impossível não sentir que está de volta ao ponto de partida.

Lou sabe que precisa de um empurrão que a traga de novo à vida. E é assim que acaba por ir parar ao grupo de apoio Seguir em Frente, cujos membros partilham sentimentos, alegrias, frustrações e bolos intragáveis. Serão também eles que a levarão até Sam Fielding - um paramédico que trabalha entre a vida e a morte, e o único homem que talvez seja capaz de a compreender. Mas eis que uma personagem do passado de Will surge de repente e lhe altera todos os planos, lançando-a num futuro muito diferente…. Para Lou Clark, a vida depois de Will Traynor significa reaprender a apaixonar-se, com todos os riscos que isso implica.

Em Viver Sem Ti, Jojo Moyes traz-nos duas famílias, tão reais como a nossa, cujas alegrias e tristezas nos tocarão profundamente ao longo de uma história feita de surpresas.



 No dia 19 de setembro, chega às livrarias Viver Sem Ti, o novo romance de Jojo Moyes. A muito esperada continuação do bestseller Viver Depois de Ti é o sétimo título da autora a ser publicado pela Porto Editora.          
Lou Clark é uma pessoa completamente diferente depois da sua vida se ter cruzado com a de Will Traynor, em Viver Depois de Ti. Após os acontecimentos dramáticos do primeiro livro, Lou tem agora de enfrentar a vida sozinha. Será possível seguir em frente e ser feliz depois de se perder a pessoa amada? Como construir uma vida que valha a pena ser vivida?   


Sissi: Coragem Até ao Fim

Sissi
ISBN: 9789898849168 
Edição ou reimpressão:
Editor: TopSeller 
Idioma: Português 
Páginas: 480


Sinopse
 
Em meados do século XIX, a imperatriz Isabel da Áustria-Hungria — carinhosamente conhecida pelo povo como Sissi — já não é a menina ingénua e inocente de 15 anos que casou com o imperador Francisco José, mas a mãe do príncipe herdeiro e a mulher do líder de um poderoso império. Sissi vive, no entanto, sufocada pelas regras do protocolo real e por um casamento turbulento, e por isso viaja com frequência para a sua propriedade na Hungria, o refúgio onde vive segundo as suas próprias regras e onde pode receber as visitas do conde Andrássy, por quem se apaixonou. Contudo, trágicas notícias que chegam de Viena vão obrigá-la a regressar e a enfrentar a realidade que tanto a afugenta. Conseguirá Sissi vencer as inúmeras adversidades, as provações do amor e o sentimento de perda e continuar a ser uma imperatriz dedicada? Estará ela à altura do desafio de manter a sua família unida e o seu direito ao trono?


 Sissi foi a imperatriz mais marcante no imaginário popular, imortalizada no cinema por Romy Schneider. Este romance, inspirado em acontecimentos reais, recorda uma das mulheres mais fortes e desafiadoras de todos os tempos. 


O Casamento Escandaloso de Lady Isabella

O Casamento Escandaloso de Lady Isabella
ISBN: 9789898849151 
Edição ou reimpressão:  
Editor: TopSeller
 Idioma: Português
Páginas: 320


Sinopse
 
Durante o seu baile de debutante, Lady Isabella, de 18 anos, é «roubada» pelo mal-afamado Lorde Mac Mackenzie e casam nessa mesma noite, escandalizando a sociedade londrina. Depois de três anos de um casamento atribulado, Isabella volta a escandalizar Londres ao separar-se de Mac. Destruído pela separação, Mac dedica-se apenas à pintura. Mas sem a sua musa, percebe que também o seu talento o abandonou. Quando Isabella vê exposto um quadro do ex-marido, percebe que se trata de uma imitação e que há um falsificador a fazer-se passar pelo famoso Mac Mackenzie. Um mistério que faz Isabella reentrar na vida de Mac. Quando a sua linda mulher volta a cruzar a porta de casa, Mac percebe que a quer de volta à sua vida e à sua cama e tudo fará para reconquistá-la. Isabella tenta resistir-lhe, mas ao aceitar ser pintada, por ele, em poses eróticas, percebe que o desejo entre ambos é uma força imparável que apenas aumentou ao longo dos anos.



Da autora vencedora do prémio RITA para Melhor Romance, atribuído pela Associação Americana de Escritores de Romance.

Depois de conhecer A Loucura de Lorde Ian Mackenzie, descubra O Casamento Escandaloso de Lady Isabella.

terça-feira, setembro 06, 2016

A Vingança de Lorde Eberlin de Julia London

A Vingança de Lorde Eberlin

de Julia London 

Yoga-me: A Arte de Abrir o Coração

 Yoga-me 
A Arte de Abrir o Coração
de Filipa Veiga 

Sinopse
A vida tem vários caminhos. Nem sempre os vislumbramos, enredados no ritmo frenético do quotidiano. Por vezes, acabamos mesmo por seguir um caminho que nos traz infelicidade. Sem a energia necessária para mudar, fechamo-nos ao mundo. Neste livro, Filipa Veiga conta-nos como descobriu, através do yoga, um novo objetivo para a sua vida. Ao longo de oito capítulos ilustrados por belas fotografias, explica-nos o que é o yoga e como a sua prática atua sobre o corpo e a alma. Partilha as histórias da sua infância vivida em Macau, o impacto do regresso a Portugal para estudar Direito, o choque de culturas e de como isso definiu o rumo na procura de equilíbrio, saúde e felicidade. Narra depois as viagens inesquecíveis que fez a Bali e à Índia, deixando ainda dicas para começar a prática de yoga, para abrir a mente a um novo estilo de vida, e até receitas para deliciosas refeições.


Do Direito, ao Jornalismo, às viagens, ao Yoga. Filipa Veiga é o exemplo de que mudar é possível.



A vida tem vários caminhos. Nem sempre os vislumbramos, enredados no ritmo frenético do quotidiano. Por vezes, acabamos mesmo por seguir um caminho que nos traz infelicidade. Sem a energia necessária para mudar, fechamo-nos ao mundo.



Em Yoga-me: A Arte de Abrir o Coração (Nascente l 208 pp, 17,69€), Filipa Veiga conta-nos como descobriu, através do yoga, um novo objetivo para a sua vida. Ao longo de oito capítulos ilustrados por belas fotografias das suas vivências noutros países, explica-nos o que é o yoga e como a sua prática atua sobre o corpo e a alma. Partilha as histórias da sua infância vivida em Macau, uma etapa da vida que durou quase 20 anos, o impacto do regresso a Portugal para estudar Direito, o choque de culturas e de como isso definiu o rumo na procura de equilíbrio, saúde e felicidade.



Narra depois as viagens inesquecíveis que fez a Bali e à Índia, deixando ainda dicas para começar a prática de yoga, para abrir a mente a um novo estilo de vida, e até receitas para deliciosas refeições. «Yoga é um estilo de vida, um abrir do coração. Como quando, numa noite de lua cheia, vemos o reflexo do luar num lago sereno. Torna-se então uma busca diária para chegar a esse estado de perfeição. Queremos ser essa paz.» - Filipa Veiga





PREFÁCIO DE LUÍS OSÓRIO


«Este livro, escrito por Filipa Veiga, é surpreendentemente singular. Porque, dentro do seu corpo, no interior de cada um dos capítulos em que se dividiu, encontramos elementos e andamentos diferentes que nos permitem uma viagem mais complexa do que poderíamos imaginar. (…) Filipa Veiga, ou Aum Namah Shivaya, sempre foi aos meus olhos a que aqui tão fortemente se revela. Quando a conheci, há quase vinte anos, dizia‑me (sem necessidade de dizer) que não era daqui. Sentia‑o fortemente e isso, aos seus olhos, justificava‑se naturalmente por nunca ter assentado num sítio durante o tempo suficiente. Não era de nenhum lugar. E talvez por isso se sentisse em casa em todos os lugares onde esteve. Em Macau, na Índia, em Lisboa, Bali ou na Alemanha. Percebi agora de onde é. É de dentro, de um lugar de dentro, um fio de alma onde vive o seu próprio destino. (…) Yoga‑me – A Arte de Abrir o Coração é uma viagem iniciática para um outro mundo. Uma viagem em que no final não existirá medo, apenas amor. E a nossa respiração. Boa viagem.» - Luís Osório, in Prefácio


 SOBRE A FILIPA VEIGA


Filipa Veiga é mãe, praticante e instrutora de yoga, blogger, jornalista, viajante, amante da vida. Depois da infância e juventude passadas em Macau, Filipa Veiga estudou Direito em Lisboa. Cresceu profissionalmente no jornalismo, nomeadamente na SIC e em alguma imprensa escrita, como a revista Máxima e o jornal Observador.



O yoga surgiu depois de muitos anos dedicados ao ballet. A mudança para Bali, em 2012, complementou um ciclo de descobertas espirituais. O blog Yoga-me nasceu nesta «ilha dos deuses» como uma página pessoal de partilha e de ensinamentos sobre o que somos e o poder de transformação vindo de uma prática espiritual regular. Saiba mais sobre a autora em www.filipaveiga.com

sábado, setembro 03, 2016

Divulgação: Peónia Vermelha de André de Oliveira [Chiado Editora]

Boa Noite Estrelinhas,

Hoje venho deixar-vos um gostinho de algo que está para chegar. O quê? Peónia Vermelha do autor André de Oliveira.

Fiquem atentos, brevemente haverá mais novidades e vocês não vão querer perder.



Sinopse:

Chi Shao é uma mulher atraente e misteriosa que decide fazer justiça pelas próprias mãos. Com um passado obscuro, e cheio de pontas soltas, regressa a Portugal, onde viveu há vários anos, para resolver uma questão de vida ou morte.

Uma empresa farmacêutica multinacional promete criar um elixir da juventude acessível a todas as mulheres, mas o que não esperavam era que os primeiros testes começassem logo a correr mal.

Entretanto, na China, são encontradas centenas de mulheres com problemas de saúde gravíssimos, e outras tantas mortas, com misteriosos sinais comuns a todas.

O que poderão ter em comum Chi Shao, o Presidente da Comissão Europeia e o Ministro da Saúde da China? Poderá um amor impossível salvar a humanidade de uma catástrofe de proporções internacionais? A Chi Shao resta-lhe montar uma armadilha e esperar não ser ela mesma a ser apanhada.

Peónia Vermelha é um thriller intenso que levará o leitor a viajar desde a Cidade Proibida, em Beijing, até Lisboa, Frankfurt e Bruxelas num enredo que expõe o lado mais negro da corrupção política, dos interesses financeiros das grandes corporações farmacêuticas, e da alma humana.    


Grupo 20l20 Editora: Novidades



SETEMBRO

ELSINORE

Com publicação prevista para 5 de setembro, A Guerra não Tem Rosto de Mulher, de Svetlana Alexievich, Prémio Nobel de Literatura, revela a perspetiva e o papel fundamental — que a História silenciou — das mulheres que estiveram na linha da frente durante a Segunda Guerra Mundial. Esta é a marcante obra de estreia de Svetlana Alexievich, publicada originalmente em 1985, depois de quatro anos de pesquisa e centenas de entrevistas. A edição da Elsinore corresponde ao texto fixado em 2002, quando a autora reescreveu o livro e incluiu novos excertos com uma força que, antes, a censura não lhe tinha permitido mostrar. Tradução de Galina Mitrohovitch.

A 19 de setembro publicaremos O Luto É a Coisa com Penas, a estreia extraordinária e consensual entre a crítica do autor britânico Max Porter, vencedor do Prémio Dylan Thomas 2016. Parte novela, parte fábula polifónica, parte ensaio sobre o luto, combinando sensibilidade e um estilo corajoso, o livro é um retrato vivo do pesar de um pai e dos seus dois filhos após a morte súbita da mãe. Carregado de um humor inesperado e marcado por uma profunda verdade emocional, O Luto É a Coisa com Penas é a apresentação de uma nova voz literária, entusiasmante e original. Tradução de Daniel Jonas, edição especial em capa dura.

Ainda em setembro, no dia 27 a Elsinore acompanhará a edição mundial de Born to Run, a aguardada autobiografia de Bruce Springsteen. Foram poucas as vezes em que um artista contou a sua própria história com tanta força e coragem, equilibrando o lirismo de um músico singular e a sabedoria de um homem que reflectiu profundamente acerca das suas experiências de vida. A escrita de Springsteen reflete a sinceridade, a poesia e a força simbólica das suas canções, retratando, como elas, as memórias, as raízes, os homens e as mulheres comuns, a indústria do rock 'n' roll, a sociedade americana. Tradução de Maria do Carmo Figueira e João Reis.



VOGAIS

Grit: O Poder da Paixão e da Perseverança foi escrito por Angela Duckworth a partir da sua TED Talk – uma das mais vistas de sempre, com quase 8 milhões de visualizações. Foi o livro de não-ficção mais cobiçado na Feira de Frankfurt em 2014, mas só agora publicado. Filha de um cientista que frequentemente a recriminava pela sua falta de génio, Angela Duckworth, doutorada em Psicologia e bolseira da prestigiada Fundação MacArthur, explica neste livro que, para se alcançar o sucesso, mais do que ter talento ou sorte, é fundamental lutar com persistência pelos nossos sonhos – é essencial ter grit, determinação, garra.

Originais: Como os Não-Conformistas Mudam o Mundo, Adam Grant, professor na prestigiada Wharton School e consultor de empresas como a Apple, a Google ou o Facebook, mostra como é possível reconhecer novas ideias ou valores e defendê-los das críticas e da resistência dos mais conformados e tradicionalistas. Originais promove como poucos a criatividade e a mudança. «Este livro marcante lança novas pistas sobre esta época de disrupção e renovação. Ao desconstruir alguns dos mitos das histórias de sucesso, desafia os dogmas e aponta o elemento em comum entre os verdadeiros agentes de mudança. Adam Grant oferece-nos um olhar inovador sobre o nosso lugar no mundo e, sobretudo, sobre o nosso potencial para o agitar e recriar.» - JJ Abrams, realizador de Star Wars: O Despertar da Força, e coautor e produtor executivo de Lost

TOPSELLER 

Colleen Hoover (9 de novembro), Chris Carter (O Carrasco do Medo) e C. W. Gortner (Mademoiselle Chanel) três autores internacionalmente reconhecidos no género romance, thriller e romance histórico, respetivamente, regressam com aguardadas obras. 

NASCENTE

Do Direito, ao Jornalismo, ao Yoga, Filipa Veiga explica, em Yoga-me, como mudar de vida é possível. Partilha as histórias da sua infância vivida em Macau, o impacto do regresso a Portugal para estudar Direito, o choque de culturas e de como isso definiu o rumo na procura de equilíbrio. Narra as viagens inesquecíveis que fez a Bali e à Índia, deixando ainda dicas para começar a prática de yoga, para abrir a mente a um novo estilo de vida, e até receitas para deliciosas refeições.

BOOKSMILE 

Para os mais novos, Margarida Fonseca Santos, uma das mais queridas autoras nacionais, lança Reconstruir os Dias, um livro onde filho, pai e avô lidam com a mesma perda, tentando reconstruir o que pensavam já não ser possível após a morte de Rosarinho: os dias.

O Bando das Cavernas, do português Nuno Caravela, soma e segue. Com o lançamento de O Bando das Cavernas 14: Fã n.º 1, a coleção alcança os 97 mil exemplares editados.


OUTUBRO

ELSINORE

No dia 3 de outubro, chegará às livrarias Depois do Fim: Crónica dos Primeiros 25 Anos da «Guerra de Civilizações», de Paulo Moura. O terrorismo, o Estado Islâmico, a guerra na Síria, a crise dos refugiados — o que nos trouxe até esta tempestade perfeita? Partindo dos seus diários pessoais de guerra, escritos no epicentro dos principais conflitos dos últimos 25 anos, Depois do Fim é a crónica do nosso tempo, apresentada pela experiência e as palavras de um dos mais premiados jornalistas portugueses. Mais que narrativa histórica, é um livro sobre as pessoas que viveram a História, que nos ajuda a enquadrar e compreender este quarto de século de conflitos, idealismos e decepções, invasões, migrações forçadas e extremismos.

No dia 17, Anatomia de Um Soldado, de Harry Parker, membro do exército inglês que perdeu as duas pernas no Afeganistão e, desde então, se dedicou à arte e à escrita —  um romance que apresenta, integralmente do ponto de vista de objetos inanimados (uma bota, uma arma, um colete), a guerra e as suas consequências para um soldado envolvido numa situação extrema. Tradução de Pedro Garcia Rosado.

A 31 de outubro editaremos Yoro, o desconcertante e elogiadíssimo primeiro romance de Marina Perezagua, autora de culto em Espanha: o testemunho epistolar de H., uma mulher que sobreviveu ao ataque norte-americano em Hiroxima, tendo ficado desfigurada, para o juiz que se prepara para a julgar. Na carta, que ocupa todo o romance e funciona como revelação onírica do mundo interior de H. e da sua interação com a realidade, numa alegoria do mal e da esperança, a mulher defende a justeza dos seus atos através da memória da sua relação (complexa, dúbia) com Jim, um soldado americano, e da procura de ambos por Yoro, uma rapariga que este adotara no Japão durante a Segunda Guerra Mundial. Tradução de Cristina Rodriguez e Artur Guerra.

Outubro será também o mês da nossa estreia na ficção portuguesa, com a publicação de A Avó e a Neve Russa, de João Reis. Narrado na primeira pessoa e escrito da perspetiva de uma criança com 11 anos, este é um romance feito de inocências aparentes e da coragem com que se veste o deslumbramento das infâncias, sobre a peregrinação de um neto através dos Estados Unidos para encontrar uma cura para os «pulmões destruídos» da sua avó bielorrussa, sobrevivente do acidente nuclear de Chernobyl e emigrante no Canadá. O livro é o resultado da residência literária de João Reis em Montreal.

VOGAIS 

A Guerra Secreta, de Max Hastings
Os espiões, os códigos e as guerrilhas tiveram um papel central na Segunda Guerra Mundial. Foram usados por todas as nações para obter informação secreta sobre os seus inimigos e antecipar movimentações, tendo influenciado decisivamente o conflito. Em A Guerra Secreta: Espiões, Códigos e Guerrilhas 1939–1945, Max Hastings, historiador especialista neste período e autor dos aclamados Catástrofe e Inferno, apresenta as mais extraordinárias sagas de informação e resistência, avaliando os verdadeiros triunfos dos espiões e dos decifradores de códigos e corrigindo mitos e falsas histórias, naquela que é uma nova perspetiva acerca do maior conflito de sempre.


Com o Humor Não se Brinca, de Nelson Nunes
Ricardo Araújo Pereira, Herman José, Nuno Markl, Bruno Nogueira, João Quadros, Salvador Martinha, Nilton e muitos outros humoristas (incluindo os mais destacados da novíssima geração) levam-nos, neste livro, até ao fascinante centro do mundo da comédia portuguesa, revelando os seus mecanismos, fronteiras e polémicas. Através de conversas com os comediantes, Nelson Nunes, jornalista e escritor apaixonado por boas piadas, dá-nos a conhecer as suas carreiras — os passos em falso, os momentos de sorte, os grandes êxitos, as rivalidades, o que os une e os afasta — e revela tudo o que pensam sobre as técnicas fundamentais para a escrita humorística.
Blurbs:
«O Nelson é bem capaz de ter escrito o livro definitivo sobre a moderna comédia portuguesa.» — Nuno Markl
«Um tratado desta envergadura sobre os comediantes portugueses devia ser publicado a cada dez anos.» — Filipe Homem Fonseca

Sobre Bowie, de Rob Sheffield
Escrito por Rob Sheffield, o prestigiado crítico musical da Rolling Stone, esta é uma reflexão biográfica sobre a vida e carreira de David Bowie que explora o seu legado e a ligação duradoura e recíproca entre o músico e os seus fãs. Num texto que funciona como uma forma de memória de uma amizade, Rob Sheffield explica também por que motivos a morte de Bowie gerou uma catadupa sem precedentes de reações emotivas um pouco por todo o mundo.

Heróis Contra o Terror: Os Voluntários Portugueses Que Foram Enfrentar o Estado Islâmico, de Nuno Pinto
Escrito por Nuno Pinto, jornalista da Sábado que tem feito trabalhos sobre a ação do Estado Islâmico e a guerra civil na Séria, este livro apresenta as histórias dos portugueses que se juntaram a forças rebeldes, milícias curdas e outros exércitos para ajudar a combater o Daesh. São relatos da enorme coragem e altruísmo destes portugueses, heróis da era moderna, que deixaram tudo para trás para tentar combater o horror causado pelos apoiantes do Estado Islâmico.

Tocado por Deus: Como Vencemos o Campeonato do Mundo, de Diego Armando Maradona
Trinta anos após a consagração da Argentina como campeã mundial de futebol, Diego Armando Maradona recorda e relata, na primeira pessoa e com o seu estilo inconfundível, o momento mais fulgurante da sua carreira e de todo o futebol argentino, num dos campeonatos mundiais de maior qualidade de sempre. A vitória da Argentina, que nunca se repetiu — apesar do surgimento de Lionel Messi, considerado por alguns como o melhor futebolista de todos os tempos —, é neste livro analisada pelo seu protagonista, que revela como a equipa triunfou contra tudo e contra todos, e como seria possível repetir o feito no presente.

The Telomerase Revolution
A ciência está à beira de uma descoberta revolucionária. Sabemos hoje mais sobre o envelhecimento, e como preveni-lo, do que alguma vez soubemos, e a possibilidade de revertê-lo já não pertence ao domínio da ficção científica. O Dr. Michael Fossel, um dos cientistas europeus da linha da frente da investigação sobre o envelhecimento e a doença, na qual trabalha há várias décadas, mostra neste livro como a Telomerase, uma nova técnica de intervenção celular, permite estender o tempo de vida e reverter o envelhecimento das células. Este é um livro acessível e cientificamente detalhado, abrindo as portas à entusiasmante promessa da vida mais longa e sempre saudável.




TOPSELLER 

Maria João Fialho Gouveia tem vindo a afirmar-se como autora de referência no romance histórico. Depois de D. Francisca de Bragança: A Princesa Boémia (2.ª edição) e As Lágrimas da Princesa, dia 17 de outubro chega às livrarias Inês, um romance sobre uma das mais empáticas figuras da história de Portugal: Inês de Castro.

Autora referência do romance erótico, Maya Banks aquece a temperatura com o romance Descobre-me, enquanto James Patterson, o autor mais bem-sucedido em todo o mundo, desperta os sentidos com mais um frenético policial (Kill Alex Cross).
Tessa Dare, autora de romances de época, tão em voga em Portugal, traz-nos A Week to be Wicked. Já o britânico M. J. Arlidge, que tanto sucesso fez na Feira do Livro de Lisboa, regressa com mais um intenso thriller, Little Boy Blue. S.K. Tremayne, autor de As Gémeas do Gelo (2.ª edição), cumpre com as expectativas dos leitores com o seu novo thriller A Criança de Fogo.

BOOKSMILE

Simão, o Pequeno Leão é a estrela da nova coleção de Maria Inês de Almeida, uma das autoras que mais se tem destacado na promoção, em Portugal e no resto do mundo, da literatura infantil.
Lady Bug, uma das licenças infantis mais desejadas, voa para os livros sob a chancela Booksmile. Depois do sucesso na televisão, a joaninha mais famosa do mundo vai colocar as crianças a ler.


NOVEMBRO

ELSINORE

Em novembro publicaremos O Que não É Teu não É Teu, de Helen Oyeyemi, considerada pela Granta uma das melhores novas escritoras britânicas, vencedora do prémio Somerset Maugham e autora do aclamado romance Boy, Snow, Bird (que editaremos em 2017). Concebido como uma reflexão sobre chaves e fechaduras, tanto literais como metafóricas, e partindo de mitologias que nos são familiares, O Que não É Teu não É Teu é uma coleção de histórias interligadas — por personagens, cenários, temas e sonhos — que desafiam as convenções narrativas da apresentação do tempo, do espaço ou da proximidade das personagens ao leitor (as que são aparentemente protagonistas podem tornar-se, de súbito, em elementos marginais do texto), mostrando como abrir e fechar — revelar, esconder — podem ser gestos de liberdade ou limitação. Tradução de Maria do Carmo Figueira.


TOPSELLER

Depois de As Raparigas Esquecidas, Sara Baedel regressa com mais um intenso e elogiado thriller, O Trilho da Morte. Ben Kane (romance histórico), Jill Shavis (romance), Marie Rutkoski (fantástico), Ann Hood (romance contemporâneo) são alguns dos autores com novas obras nas livrarias.

BOOKSMILE

Dia 1 de novembro é o dia mais esperado pelos fãs de Greg. O Diário de um Banana 11: Tudo ou Nada, de Jeff Kinney, chega às livrarias nacionais já com selo de bestseller, estando na corrida ao 1.º lugar dos livros mais vendidos no Natal - em 2015 foi 2.º, atrás de José Rodrigues dos Santos. A coleção infantojuvenil mais vendida em Portugal vai, com o lançamento deste novo volume, ultrapassar os 900 mil livros editados em Portugal – 165 milhões em todo o mundo.

Dia 14 de novembro, é altura de festejar os 100 mil exemplares de O Bando das Cavernas. A coleção do português Nuno Caravela (texto e ilustrações) alcança um número bem redondo de livros editados, com o lançamento de O Bando das Cavernas 15: Desafio Ultra Mega Fixe.

Como o Grinch Roubou o Natal, uma das obras mais emblemática de Dr. Seuss, traz memórias aos mais velhos e alegria aos mais novos.