Nacionalmente Bom

Autores Portugueses

Estrelas Em Contos

Opiniões de Contos

eBooks

Leitura Digital

Crónicas de Uma Desastrada

Sou uma Desgraça de Metro e Meio

Autores do Brasil

Divulgação e Opinião

quarta-feira, julho 27, 2016

Opinião: A Maldição do Vencedor

Boa Noite Estrelinhas,
Primeiro que tudo, quero agradecer à Neuza da TOPSELLER e claro à TOPSELLER, pela oferta deste maravilhoso livro, A Maldição do Vencedor.

Desconhecia a escritora, Marie Rutkoski, no entanto depois de ler este livro fiquei simplesmente rendida a sua escrita, os seus enredos e ao mundo que criou.

A Maldição do Vencedor é o primeiro livro da trilogia TheWinner's. Sendo o segundo The Winner’s Crime e o terceiro The Winner’s Kiss.

Como já devem ter notado, ando muito desaparecida, a excepção das divulgações, não tem havido opiniões aqui. A razão disso é que além de andar de novo aflita dos olhos, não tinha nenhum livro que me cativasse, algo que me prendesse a leitura. Um livro que apresentasse algo fresco e diferente.
Após receber o e-mail da Neuza para divulgação no blogue, o titulo do livro deixou-me bastante curiosa e andei como uma barata conta a torcer para que fosse possível a oferta deste menino, assim como uma psicopata a espera do carteiro. Coitado…

"Não é isso o que as histórias fazem? Tornam falsas as coisas reais, e reais as falsas?"  
[ A Maldição do Vencedor - Página 12]
Em A Maldição do Vencedor, conhecemos a nossa Kestrel, uma jovem que tem apenas duas opções e que nenhuma é do seu agrado, ou alista-se no exército ou casa-se.

Depois de um jogo de cartas, no mercado da cidade, Kestrel procura a sua amiga Jess e quando a jovem Kestrel se dá conta, está no fosso de leilões de escravos. E como se nada pudesse piorar, Kestrel vê-se a licitar e a ganhar o leilão.
Arin é um escravo Herrani, um jovem misterioso, que tem algo em mente. 

A ligação de Kestrel e Arin que vai evoluindo é tão forte e única que faz com que o leitor fique colado ao livro para saber mais, descobrir mais. Não como uma ligação romântica, mas única entre amo e escravo, a história destes dois é sem sombra de dúvidas única. Uma Valoriana e um Herrani, obrigações, deveres, alianças e escolhas perigosas. 

" A Felicidade depende de ser-se livre [...] e a liberdade depende de ser-se corajoso. "
[A Maldição do Vencedor - Página 175]
É praticamente impossível não ficar contagiado com todo o enredo, com todos os segredos, o leitor além de ser sugado para este mundo, não deseja sair de lá. 

Este livro é simplesmente viciante, único e maravilhoso. Devo dizer também que amei a capa, e não sei se foi apenas impressão minha, mas ao toque a capa parece quase veludo de tão suave e fofa que é. Dei por mim, diversas vezes enquanto lia, acariciar a capa. Estou a pensar se faço um vídeo ou não, para vos mostrar o livro e o seu interior... terei de pensar nisso. *riso*

Confesso que quando terminei a leitura deste livro, fiquei chocada e furiosa, ainda revirei o livro vezes sem conta para ver se achava alguma página misteriosa escondida. Por sinceramente, terminar assim? Recuso-me! Mas fui pesquisar e quando vi que era uma trilogia saltitei de alegria.
Agora resta-me esperar e desesperar pelo próximo livro The Winner’s Crime. 

Por favor TOPSELLER, não demorem muito. Pois estou de novo triste, só e abandonada, sem relíquias cativantes a meu redor.

E vocês meus queridos leitores, do que esperam para ler A Maldição do Vencedor? 

Sinopse

Kestrel, jovem filha do poderoso general de Valoria, tem apenas duas opções: alistar-se no exército ou casar-se. Ela tem, no entanto, outras aspirações e procura libertar-se do seu destino, rebelando-se contra o pai.
Num passeio clandestino pela cidade, Kestrel vai parar a um leilão de escravos, onde se depara com um jovem, Arin, que parece querer desafiar o mundo inteiro sozinho. Num impulso, ela acaba por comprá-lo — por um preço tão alto, que a torna alvo de mexericos na sociedade.
Arin pertence ao povo de Herrani, conquistado dez anos antes pelos Valorianos. Além de ser um ferreiro exímio, revela-se também um cantor extraordinário, despertando a curiosidade de Kestrel. Arin, contudo, tem um segredo, e Kestrel não tardará a descobrir que o preço que pagou por ele poderá custar muito mais do que aquilo que alguma vez imaginara.

segunda-feira, julho 18, 2016

Como É que Ele foi parar aí Dentro?

MAS, AFINAL, COMO É QUE OS BEBÉS VÃO PARAR À BARRIGA DAS MÃES?

 A Rafaela está muito confusa! Toda a gente tem uma resposta diferente para a sua pergunta, e todos parecem estar sempre a fugir do assunto. Será assim tão difícil explicar como é que os bebés vão parar ali dentro?

Um livro maravilhoso, com uma linguagem simples e ilustrações belíssimas. A ajuda perfeita para os crescidos darem resposta àquela que é uma das perguntas mais complicadas de sempre!


Todos as crianças gostam de fazer perguntas. Mas há questões que colocam os pais em situações embaraçosas. E um dos temas mais desconfortáveis é a clássica pergunta: como é que os bebés nascem? Por mais que seja difícil responder, não há como fugir.
 Como ilustrações maravilhosas, Como É que Ele foi parar aí Dentro? vai ajudar os pais a ultrapassarem esta complicada missão.


 

sábado, julho 16, 2016

A Maldição do Vencedor

Kestrel, jovem filha do poderoso general de Valoria, tem apenas duas opções: alistar-se no exército ou casar-se. Ela tem, no entanto, outras aspirações e procura libertar-se do seu destino, rebelando-se contra o pai.

Num passeio clandestino pela cidade, Kestrel vai parar a um leilão de escravos, onde se depara com um jovem, Arin, que parece querer desafiar o mundo inteiro sozinho. Num impulso, ela acaba por comprá-lo — por um preço tão alto, que a torna alvo de mexericos na sociedade.

Arin pertence ao povo de Herrani, conquistado dez anos antes pelos Valorianos. Além de ser um ferreiro exímio, revela-se também um cantor extraordinário, despertando a curiosidade de Kestrel. Arin, contudo, tem um segredo, e Kestrel não tardará a descobrir que o preço que pagou por ele poderá custar muito mais do que aquilo que alguma vez imaginara.




«É um livro espetacular! Uma história ousada e inteligente sobre a lealdade, o amor, a família e o poder… Obrigatório ler!» - The Guardian

«A caraterização rica das personagens, a construção meticulosa do mundo e o enredo sólido fazem deste livro uma história com uma inteligência e uma profundidade pouco comuns.» - Kirkus Reviews

«Uma história épica, rica em imaginação, com batalhas arrepiantes e alianças dúbias. O final cheio de suspense deixará os leitores desejosos de ler o próximo livro.» - Publishers Weekly



Sobre o livro:

Ao conversar com uma amiga economista, Marie Rutkoski ficou a conhecer o conceito de «maldição do vencedor». De modo simples, descreve como o vencedor de um leilão também perde, ao ganhar a licitação pagando mais do que a maioria dos licitantes decidiu que valia o artigo em causa. Neste caso, e transportando este conceito para a literatura, "conquistar aquilo que desejas pode custar tudo o que amas". 


A Maldição do Vencedor é uma história emocionante, cheia de intrigas e segredos, jogos de poder e alianças perigosas, que deixarão o leitor em suspenso até à última página.



Dois povos inimigos.

Uma guerra iminente.

Uma atração proibida.

Sobre a autora:

Marie Rutkoski é autora de diversos livros, bestsellers do New York TimesFrequentou a Universidade do Iowa, viveu em Moscovo e em Praga, e estudou Shakespeare na Universidade de Harvard.
Atualmente é professora de Literatura Inglesa no Brooklyn College.
Saiba mais sobre a autora em www.marierutkoski.com

ALFARROBA - Descontos de verão



































Consulte AQUI as promoções