Nacionalmente Bom

Autores Portugueses

Estrelas Em Contos

Opiniões de Contos

eBooks

Leitura Digital

Crónicas de Uma Desastrada

Sou uma Desgraça de Metro e Meio

Autores do Brasil

Divulgação e Opinião

quinta-feira, outubro 24, 2013

Lançamento do livro «O Dragão Rouxinol» [Alfarroba]

Boa Noite Estrelinhas,

E porque as nossas crianças também devem de conhecer as maravilhas da leitura. Aqui fica um convite a não perder.

Querem vir jogar comigo este sábado? E cantar? Querem?
O livro «O Dragão Rouxinol» da autoria de Pedro Jardim, com ilustrações de Raquel Pinheiro, será lançado no dia 26 de outubro, pelas 16.00, na Biblioteca Municipal de Oeiras.
O livro inclui um CD com atividades, jogos, músicas e muitas outras surpresas.
Veja o Booktrailer aqui


.

terça-feira, outubro 22, 2013

"Padeira de Aljubarrota ­ Mulher de armas e heroína de Portugal", de Maria João Lopo de Carvalho

Depois do sucesso de  “Marquesa de Alorna”, em 2011, Maria João Lopo de Carvalho traz-nos um romance dedicado à heróica Padeira de Aljubarrota, que todos conhecem mas de cujos segredos e desejos poucos sabiam…até agora. Um livro dedicado uma mulher de armas que pode e deve servir de inspiração nos dias de hoje. 

“Padeira de Aljubarrota – Mulher de Armas e Heroína de Portugal”,
de Maria João Lopo de Carvalho
PVP: 20,90€
Nº páginas: 580

“A história invulgar de uma mulher do povo que consegue domar o seu próprio destino.”
Helena Sacadura Cabral

“Uma narrativa que nunca se distrai do seu objectivo: humanizar a lenda para nos revelar mais sobre a história da nossa nacionalidade (…) Há uma Brites de Almeida em todas as mulheres portuguesas. Cruzo-me com uma por dia, pelo menos.”
Rita Ferro

Quando, a 22 de outubro, chegar às livrarias o novo romance de Maria João Lopo de Carvalho baseado na agitada vida da Padeira de Aljubarrota, a percepção dos portugueses sobre uma das suas maiores heroínas vai, necessariamente, mudar. A lenda de Brites de Almeida, cuja acção terá contribuído para combater o invasor Castelhano em finais do século XIV, ganha outra dimensão. A autora leva-nos a descobrir uma mulher extraordinária, corajosa e forte mas também uma mulher com desejos e sonhos, para quem o relacionamento com os homens foi bem mais do que um pormenor. Ao episódio de bravura que a História consagrou juntam-se muitos outros de sedução, sensualidade, aventura e romance, dando origem a uma história de amor, traição e coragem em tempos de crise, condição que o povo português, afinal, sempre viveu de perto.

Muitas histórias correram sobre a humilde mulher que, em 1385, numa aldeia perto de Alcobaça, pôs a sua extrema força e valentia ao serviço da causa nacional, ajudando assim a assegurar a independência do reino, então seriamente ameaçada por Castela. É nos seus lendários feitos e peripécias, contados e acrescentados ao longo dos tempos, que se baseia este romance, onde as intrigas da corte e os tímidos passos da rainha-infanta D. Beatriz de Portugal se cruzam  com os caminhos da prodigiosa padeira de Aljubarrota, Brites de Almeida, símbolo máximo da resiliência e bravura de todo um povo.

Este é o romance nunca feito sobre a maior heroína da nossa história, cruzando a voz de Brites de Almeida com a voz de D. Beatriz de Portugal. Asas e Raízes, imaginação e rigor histórico no período mais conturbado que Portugal viveu na época medieval. 600 anos depois do seu feito heróico, a enorme popularidade da padeira e a sua figura inspiradora permitiram a Maria João Lopo de Carvalho criar um romance com outro ritmo, bem ao jeito do leitor que aprecia as peripécias de uma lutadora e corajosa mulher do povo que marcou a diferença num tempo em que sangue, suor e lágrimas não faltavam por terras de Portugal. E que melhor exemplo de bravura para os portugueses num período de lutas tão complexas como as que travamos todos nós nos dias de hoje?


Sobre a autora
Maria João Lopo de Carvalho licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas. Foi professora de português e de inglês e trabalhou comocopywriter em publicidade. Passou ainda pelas áreas de Educação e Cultura na Câmara Municipal de Lisboa. O seu primeiro bestseller,Virada do Avesso, foi publicado pela Oficina do Livro em 2000. Tem mais de cinquenta títulos editados, entre romances, livros de crónicas, manuais escolares e dezenas de livros infanto-juvenis, a maioria deles no Plano Nacional de Leitura. Em 2011, editou o primeiro romance histórico Marquesa de Alorna que, em pouco tempo, se tornou umbestseller.

Também disponível em ebook (www.leyaonline.com)

A PROMESSA, de Lesley Pearse [ASA]

A PROMESSA
de Lesley Pearse
PVP C/ IVA 16,90€
528 páginas

Belle não esqueceu….. a inspiradora heroína de Sonhos Proibidos.

Sobre o livro
No início de julho de 1914, a Europa vive os seus últimos dias de inocência.  A jovem Belle realizou os seus sonhos. A uma infância pouco comum seguiram-se anos dramáticos, ao longo dos quais quase cedeu ao desespero. Mas a sua coragem e determinação prevaleceram. A sua vida é agora feliz. Está casada com Jimmy, o seu primeiro amor, e conseguiu abrir a elegante loja de chapéus que sempre desejou.

Mas a História do mundo está prestes a mudar. A I Guerra Mundial vai arrastar consigo milhões de pessoas. Belle e Jimmy abdicam de tudo para defenderem o seu país. São ambos destacados para França, onde Jimmy vai arriscar a vida nas trincheiras e Belle conduz uma ambulância da Cruz Vermelha. É um tempo de devastação sem precedentes em que sobreviver a cada dia representa uma vitória. E é quando o passado menos ocupa os seus pensamentos que Belle será obrigada a confrontá-lo pela derradeira vez.  Bastará um momento. Um homem. Um olhar.

Entre a luta pela sobrevivência, uma paixão proibida e a lealdade devida a um grande amor, Belle está perante uma escolha impossível. Mas ao viver na pele um dos mais sangrentos conflitos da História, terá ela poder sobre o seu destino?
 A Promessa é a continuação da história de Belle, a inspiradora heroína de Sonhos Proibidos.


Sobre a autora
É autora de uma vasta obra publicada em todo o mundo e uma das escritoras preferidas do público português. A sua própria vida é uma grande fonte de inspiração para os seus romances. Quer esteja a escrever sobre a dor do primeiro amor, crianças indesejadas e maltratadas, adoção, pobreza ou ambição, ela viveu tudo isto em primeira mão. Lesley é uma lutadora, e a estabilidade e sucesso que atingiu na sua vida deve-os à escrita. Com o apoio da editora Penguin, criou o Women of Courage Award para distinguir mulheres comuns dotadas de uma coragem extraordinária. Para além de A Promessa, na ASA estão já publicados com grande sucesso os seus romances Nunca Me Esqueças, Procuro-te, Segue o Coração, A Melodia do Amor, Nunca Digas Adeus e Sonhos Proibidos.

Lançamentos Civilização Editora

LANÇAMENTOS:


1. FICÇÃO/NÃO FICÇÃO

Todo o Meu Ser – Anna Funder
SINOPSE: Anna Funder, vencedora do Samuel Johnson Prize e autora de
emocionante e poderosa história de amor que relata a heroica e trágica história da resistência alemã na Segunda Guerra
Mundial.
Quanto Hitler sobe ao poder em 1933, um grupo de amigos extremamente unido passam a ser, de um dia para o outro,
considerados criminosos. Unidos na resistência à loucura e à tirania do Nazismo, são obrigados a fugir do país.
Dora, apaixonada e temerária, o seu amante, o grande dramaturgo Ernst Toller, a sua prima mais nova, Ruth, e Hans,
marido de Ruth, refugiam-se em Londres. Aqui correm enormes e terríveis riscos para continuar a sua atividade em
segredo.
Mas a Inglaterra não é o porto seguro que pensavam ser, e um único e arrepiante ato de traição irá destroçá
PÁGINAS: 384 | TRADUÇÃO: Ana Figueira | CAPA MOLE




2. INFANTO-JUVENIL

A menina que não queria livros – Luísa Ducla Soares
SINOPSE: Uma divertida história sobre uma menina que não gostava de receber livros de presente e
formas de lhes dar uso sem os ler… Será que algum dia vai descobrir o prazer da leitura?
PÁGINAS: 24| ILUSTRAÇÃO: Aurélie de Sousa | CAPA MOLE


sexta-feira, outubro 18, 2013

quinta-feira, outubro 17, 2013

Lançamento do livro «O Pintas e o osso de dinossauro»

Viram por aí algum osso de dinossauro? Viram?!!!
Será que podem ajudar o Pintas a descobrir onde enterrou o osso?
O livro «O Pintas e o osso de dinossauro» da autoria de João Cunha Silva, com ilustrações de Maria João Cunha, será lançado no dia 19 de outubro, pelas 15.00, na Casa Barbot – Vila Nova de Gaia.
Veja o Booktrailer aqui.


BOOKSMILE: O "Dark Lord" que vai colocar os jovens leitores de cabelos em pé de tanto rirem!



«Olá, humano insignificante! Este volume impressionantemente fantástico e assombroso foi escrito por mim, Dark Lord, o Senhor das Trevas, t.c.c. (também conhecido como) Duarte Lopes.
O meu arqui-inimigo enviou-me para o vosso mundo enfiado no corpo de um adolescente, o maior insulto que se poderia fazer a um ser superior como eu! Por isso preparem-se, pois a minha vingança será brutal! (Mal acabe os trabalhos de casa, claro…).
Agora vamos ao que interessa. Compra este livro se não queres arriscar-te a ser:  Preso nas Masmorras dos Condenados;  Atirado para os Tanques de Transformação donde sairás sob a forma de salsichas; Amaldiçoado pela Praga da Carecada Súbita.  
A escolha é tua. Ah, ah, ah, ah!  Dedico este livro à pessoa mais grandiosamente inteligente que alguma vez conheci: eu, claro! Duarte Lopes. »
Aqui está a sinopse do primeiro volume de uma nova coleção que, à semelhança do que aconteceu com os jovens leitores britânicos, vai fazer os portugueses de cabelos em pé de tanto rir.
Dark Lord: A Adolescência (Booksmile I 352 pp I 14,99€), à semelhança da coleção Tom Gates, igualmente editada pela Booksmile, foi agraciada com o prémio  Roald Dahl Funny Prize, o mais importante prémio britânico de humor para crianças. A editora originais caraterizou o livro como «uma mistura d’O Diário de um Banana e o Senhor dos Anéis».


«Dark Lord é um maravilhoso absurdo sobre seres de outro planeta.»  Roald Dahl Funny Prize
«Muito divertido, muito tolo... Um conceito brilhante.»  -  Bookseller
«Um dos mais originais livros juvenis do ano.» - Daily Express

Jamie Thomson nasceu em Inglaterra, em 1958. Além de escritor, é também editor e criador de videojogos. É autor de vários romances infantojuvenis com estilos bastante heterogéneos, entre os quais se contam o Fantástico e a Ficção Científica.
A série Dark Lord, que tem como personagem um Senhor das Trevas preso no corpo de um rapaz de dez anos, tem alcançado um êxito estrondoso nos países onde já foi publicada, tanto pelo sentido de humor hilariante e cheio de jogos de linguagem, como pelo género de aventura dinâmica e quase interactiva que propõe.



quarta-feira, outubro 16, 2013

LUISA DUCLA SOARES Lança Livro Sábado 19 de Outubro

Civilização publica “A menina que não queria livros” de Luísa Ducla Soares

A Menina que não queria ler livros é uma divertida história sobre uma menina que não gostava de receber livros de presente e inventava mil e uma formas de lhes dar uso sem os ler… Será que algum dia vai descobrir o prazer da leitura?

Sábado, 19 de Outubro, às 14.30h na Bulhosa de Entre-Campos e às 17h na Bulhosa do Oeiras Parque
Luísa Ducla Soares lança “A menina que não queria livros”

Luísa Ducla Soares vai estar nas Bulhosas de Entre-Campos e Oeiras Parque, este sábado 19 de Outubro, às 14.30 e 17.00 horas respectivamente, para o lançamento do seu novíssimo livro A Menina que não queria livros, com a chancela da Civilização Editora. Haverá sessões de autógrafos em ambas as livrarias.
A Menina que não queria ler livros é uma divertida história sobre uma menina que não gostava de receber livros de presente e inventava mil e uma formas de lhes dar uso sem os ler… Será que algum dia vai descobrir o prazer da leitura?

Luísa Ducla Soares nasceu em Lisboa a 20 de julho de 1939 e licenciou-se em Filologia Germânica. Iniciou a sua atividade profissional como tradutora, consultora literária e jornalista, tendo sido directora da revista de divulgação cultural Vida (1971-2).
Colaboradora de diversos jornais e revistas, estreou-se com um livro de poemas, Contrato, em 1970.
Foi adjunta do Gabinete do Ministro da Educação (1976-8).
Trabalha desde 1979 na Biblioteca Nacional onde iniciou a sua atividade realizando uma bibliografia de literatura para crianças e jovens em Portugal. Aí organizou numerosas exposições, sendo actualmente assessora desta instituição e responsável pela Área de Informação Bibliográfica.
Orientando-se preferencialmente para a literatura destinada a crianças e jovens, publicou já mais de 100 obras.


Ilustrações: Aurélie de Sousa
Pág.: 24
ISBN: 9789722636360
PVP: 11,50€


terça-feira, outubro 15, 2013

TOPSELLER: Maximum Ride 3 - Um livro de James Patterson, o autor mais bem-sucedido em todo o mundo


Maximum Ride 3: Salvar o MundoAí está já à venda o n.º 3 da série (352 pp I 17,49€) que já conquistou o público jovem adulto fora de portas e que, face à excelente receção e críticas ao primeiro e segundo volumes da série lançada em novembro de 2012, está já a conquistar os leitores portugueses.
O género Fantástico veio, definitivamente, para ficar, pois trata-se de um estilo que nos transporta para fora da nossa realidade, que nos faz sonhar. O sucesso de coleções como O Senhor dos AnéisHarry PotterTwilight, entre outras, são excelentes exemplos de como o Fantástico tem conquistado leitores de todas as idades.
A série Maximum Ride, editado em Portugal  pela Topseller, e com oito volumes publicados, rendeu grandes elogios a James Patterson, o autor que criou mais personagens inesquecíveis do que qualquer outro escritor da atualidade.

Sinopse:
«Max e o seu bando estão destinados a grandes voos. Vivem em condições difíceis e não podem dar muito nas vistas. Afinal, seis miúdos com asas a atravessar os céus não passam despercebidos…
Nesta aventura o grupo vai ter de escapar ao terrível plano genocida criado por cientistas maléficos, os batas-brancas. E como se não bastasse, há um traidor entre eles. A união entre todos os elementos vai ser posta à prova enquanto enfrentam os inimigos mais poderosos de todos os tempos.
Será que um romance insuspeito, um blogue seguido por milhões de fãs e algumas revelações vão contribuir para que a missão de salvar o mundo seja realmente possível? Os leitores de James Patterson não vão descansar enquanto não tiverem a resposta certa. Mas cuidado: estas páginas são completamente viciantes.»



James Patterson já criou mais personagens inesquecíveis do que qualquer outro escritor da atualidade. É o autor dos policiais Alex Cross, os mais populares dos últimos 25 anos dentro do seu género. Entre os seus maiores êxitos estão também as coleções bestseller Private: Agência Internacional de Investigação e NYPD Red (ed. Topseller)The Women's Murder Club e Michael Bennett.
James Patterson é o autor que mais livros teve até hoje no topo da lista de bestsellers do New York Times, segundo o Guinness World Records. Desde que o seu primeiro romance venceu o Edgar Award, em 1977, os seus livros já venderam mais de 280 milhões de exemplares. Os seus livros já geraram receitas de mais de 4 mil milhões de dólares e é publicado em 43 países. Mais de 3,7 milhões de fãs seguem James Patterson no Facebook.
O autor escreveu também diversos livros para leitores mais jovens, de grande êxito, entre os quais estão as séries Maximum Ride e Confissões de uma Suspeita de Assassínio (ed. Topseller)Escola e Eu Cómico (ed. Booksmile).




VOGAIS: Ele foi o sniper de elite mais letal de sempre. No Iraque chamavam-lhe «Demónio». Nos Navy Seal's... «A Lenda».


Chris Kyle foi o sniper de elite mais letal de sempre. Os rebeldes iraquianos chamavam--lhe «O Demónio». Entre os seus irmãos Navy SEALs, era conhecido como «A Lenda»…
Em fevereiro de 2013, Chris Kyle (38 anos) foi covardemente assassinado por um antigo marine.
Uma biografia que chegará ao Grande Ecrã em 2015, pelas mãos de Clint Eastwood, com Bradley Cooper a assumir o papel de Chris Kyle e, simultaneamente, a produção do filme.

Chris Kyle, membro do SEAL Team Three da Marinha dos EUA, serviu quatro missões de combate no Iraque. Foi o atirador especial mais letal  de sempre, detendo o recorde de 160 mortes como sniper, confirmadas oficialmente pelo Pentágono. Chegou a ter a cabeça a prémio no Iraque - 52 mil euros era o valor da recompensa. Recebeu duas Estrelas de Prata, cinco Estrelas de Bronze com um V (por valentia em combate), duas Medalhas da Marinha e dos Marines, e uma Comenda da Marinha. 
 Após as suas comissões tornou-se instrutor-chefe das equipas de Snipers dos SEALs. Chris Kyle morreu em fevereiro de 2013, aos 38 anos, em circunstâncias trágicas, assassinado, num campo de tiro, por um antigo marine. Deixou para trás a mulher, Taya, e dois filhos. Meses antes da sua morte, Chris Kyle escreveu Sniper Americano: Autobiografia do Atirador Especial Mais Letal da História (American Sniper), bestseller do New York Times, e que chega hoje às livrarias nacionais (376 pp / 19,99€) sob a chancela daVogais.
Trata-se de uma extraordinária autobiografia, escrita na primeira pessoa pelo atirador especial mais letal da História, Chris Kyle, combatente em algumas das batalhas mais importantes das últimas décadas.